Agora é Lei! Dia Do Orgulho Crespo no estado de São Paulo

Dia Do Orgulho Crespo no estado de São Paulo

Oi Pessoal! Tudo bem? Este ano, houve uma conquista muito importante para todas nós mulheres crespas e cacheadas:  lei 16.682/2018, que institui o data 26 de julho como Dia do Orgulho Crespo no Estado de São Paulo.

Dia Do Orgulho Crespo lei 16.682/2018
Projeto elaborado pela deputada Leci Brandão e o movimento nacional Marcha do Orgulho Crespo como forma de refletir e dialogar sobre possibilidades e avanços no que diz respeito a uma estética afro-brasileira desperta e interessada em compreender de que forma a negação do cabelo crespo/cacheado está associada ao racismo e à discriminação. O momento é de rever as rotas, reformular estratégias e experimentar novos formatos para a ação-reação.

Através do viés estético estamos avançando para que no futuro (e espero que não tão longíquo) as pessoas entendam que cabelo crespo deve ser respeitado. E que menos crianças e mulheres sofram com esta discriminação e possa ter sempre sua autoestima inabalada.

Quando estou competindo em pé de igualdade para disputar uma vaga de emprego e o requisito decisivo para que esta vaga me seja concedida ou não é meu cabelo crespo, isto não é apenas uma questão de estética. É uma desvalorização social e negação da aceitação da minha identidade racial.
Então, ter um dia dedicado a esta discussão que afeta a mulher em muitas áreas da sociedade é mais do que necessário!

Ano passado eu tive a honra de poder participar da produção da Marcha do Orgulho Crespo SP.

Neste ano, não será realizada a Marcha do Orgulho Crespo SP, como tem sido feito desde sua criação, em julho de 2015, (tem um post aqui) na Avenida Paulista, por conta de conflito de datas, mas em 2019 o evento volta com força total!

O site All Things Air fez uma matéria sobre esta data e eu dei um depoimento.

Nosso desafio, nossa busca é para que mais pessoas entendam a importância de se falar do cabelo crespo e tudo que ele representa em uma sociedade. Precisamos falar sobre a estética negra, e entender que ela dilacera a autoestima de mulheres e crianças. O cabelo crespo é renegado constantemente.

Eu, enquanto mulher negra e de posse de um cabelo crespo, sou a favor de movimentos como este> Muito feliz estou pelo Dia Do Orgulho Crespo no estado de São Paulo!

Te vejo no próximo post!